Véspera

Fiquei na dúvida se escrevia apenas amanhã, depois do fato consumado ou se descreveria sobre a expectativa da véspera.

Não sei se estarei com vontade de vir aqui amanhã, portanto vou escrever sobre o que tenho hoje.

Hoje estou contando as horas para algo que sei que será importante na minha vida. Não tenho como comprovar, só sei do que sinto. E o meu feeling diz que algo bom está vindo.

Imagina se pudesse saber horas antes que um marco da sua vida iria acontecer. O que iria fazer? Conseguiria se concentrar no trabalho? Iria querer colocar sua melhor roupa? Quais rituais iria preparar para manter a calma?

Estou com muita expectativa, mas também estou com meus dois pés plantados no chão. Já pensei em todas as possibilidades e montei um pré-roteiro na minha cabeça. Mesmo que saia tudo diferente do planejado, montar cenários me acalma e não me deixam com medo das surpresas.

E tem gente que gosta de surpresa. Algo que me angustia é a surpresa, o ñ saber o que vai acontecer daqui alguns minutos.

E escolher. Esse negócio de livre arbítrio também é um saco. E se escolho algo pior?

Vi um filme muito bom neste último fim de semana: À beira do caminho. Escolhi duas frases do longa brasileiro, que apareceram no parachoque de caminhão, simbolizando bem este momento:

– “Espere pelo melhor, prepare-se para o pior e aceite o que vier” provérbio chinês

– “Viver é como desenhar sem borracha”

——————–

14 de agosto de 2012

Não sei o motivo, mas sei que devo guardar esta data.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s